Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

07
Mar 07

Não deve a senhora directora da escola básica 2/3 Sebastião da Gama de Estremoz ter olhos na cara, alem dos incómodos que causa aos residentes na Rua Alfredo Cortês, pois os Sr. (s) professores, devido à proibição desta iluminada senhora de utilização de um parque de estacionamento interno, causa incómodos a quem trabalha ou a quem reside neste local, muitas das vezes para se aceder aos próprios edifícios a dificuldade é enorme, inclusive com meios de suporte de vida, muitas das vezes não se consegue chegar aos mesmos, com ambulâncias.

 

Sr.ª Presidente do conselho executivo da EB 2/3, estude uma solução para a resolução deste problema e abra o parque de estacionamento privativo da escola, que se encontra há dois anos fechado, existem soluções, analise-as com o município.

 

Penso que quem dirige o ensino, deve estar de acordo com a comunidade onde se encontra inserida e não contra ela, no entanto como se diz por aqui não estamos em Valença, mas se for preciso, a escola pode sentir a indignação dos residentes, como medida de protesto.

 

Aqui ficam fotos elucidativas deste abuso,  Já agora a POLICIA podia dar uma mãozinha para resolver este assunto, em vez de fechar os olhos aos Sr.s  Professores, que criaram uma nova rotunda de automóveis. 

 

 

publicado por . às 15:47

como pode ver cá fora ?Se não vê lá dentro. Veja-se como exemplo o que aconteceu no carnaval com os alunos do 1º Ciclo- ou já se esqueceram - portanto nem o plano de actividades a sra presidente conseguiu fazer cumprir.
anónimo a 11 de Março de 2007 às 23:50

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.