Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

21
Dez 06

A história que vamos contar, é mesmo verídica .
Decorria o trigésimo dia do mês onze, do ano da graça de dois mil e seis, no Pavilhão Multiusos do Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, quando em cima de um escadote,  se encontrava um individuo pesadinho e que teve a infelicidade, do escadote se virar, vai dai queda para o chão resultado fractura da tíbia , socorrido no local por amigos socorristas  tal e qual o sinistrado, que tinha a perfeita noção que tinha partido pelo menos a tíbia e pelo, delegado de saúde, que se encontrava a fiscalizar o local, onde se realizaria o evento, os bombeiros prontamente responderam ao apelo de urgência , dai transportado a CSEstremoz e posterior evacuação para Évora, ai recebido pelo Ortopedista de Serviço Dr. Paiva, que me recebeu maravilhosamente e comentando a fractura, como uma bela fractura, depois foi o esperar pela operação com algumas dores à mistura, muitas delas insuportáveis, só mesmo graças à paciência do corpo de enfermagem do Hospital do Espírito Santo, serviço de Ortopedia, pude suportar as mesmas dores, fazendo os possíveis e impossíveis, para que suportasse essa dor o melhor  possível, depois da operação as dores reduziram, mas a atenção era precisamente igual, aqui vai o meu agradecimento a estes profissionais da saúde, por todo o apoio prestado nestes dias, que para mim, foram novidade. Local onde me senti completamente perdido, pois não tinha qualquer mobilidade.
Gostaria também de agradecer aos Auxiliares de Acção Médica  e pessoal, do serviço de limpeza do Hospital, por estarem sempre prontos a responder às minhas solicitações.
E como os últimos são sempre os primeiros, queria agradecer a todo o corpo Médico, envolvido nesta minha passagem.
Procurei não mencionar nomes, para não me esquecer de ninguém, mas de certeza houve nomes que ficaram gravados na minha memória e não vou esquecer, procurarei em breve escrever sobre alguns, mas o tempo o dirá.
Resta-me desejar um Feliz Natal e um Prospero Ano  Novo para todos, em especial para os que vão passar os dias desta festividade  de serviço, bem como para todos os doentes do HES- Evora.

Albino Carrasquinho

publicado por . às 17:00

Pena ser uma história verdadeira...Um bom Natal e uma rápida recuperação.
Adolfo Dias a 24 de Dezembro de 2006 às 09:47

Obrigada por este seu agradecimento mas também é um facto que o Sr. Albino foi uma pessoa sempre bem disposta e sempre pronta para colaborar na sua própria recuperação. Isso ajuda bastante. Feliz Natal e um ano replecto de saúde.

E.R.S.A.
E.R.S.A a 25 de Dezembro de 2006 às 01:16

Rápidas e boas melhoras, abraços. José Gonçalez
josegoncalez a 26 de Dezembro de 2006 às 08:05

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.