Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

29
Set 06

que o governo do Partido Socialista, está mesmo contra os funcionários publicos, as medidas continuam a ser tomadas contra todos os que servem o pais de uma forma ou outra, depois dos cortes nas comparticipações da ADSE, ai vem mais molho, agora é mais 0,5% de desconto para a ADSE e passamos para 1,5%, que somado aos 10 % para a Caixa Geral de Aposentações prefaz 11,5%, significa que neste momento o governo se prepara para usurpar aos  seus funcionários, mais 0,5 % do seu ordenado, com a justificação que damos prejuizo ao Serviço Nacional de Saude, será? ´

Eu não acredito muito nisso, pois ainda há dias numa noticia se dizia que, nos centros de saude dos doentes atendidos, cerca de 50% eram com isenção de pagamento de taxas moderadoras, assim sendo só vejo um raciocinio para esta situação, quem são os 50 %, Reformados de reforma inferior ao salario minimo, desempregados, bombeiros, dadores de sangue, posso ser processado por xenofobia se escrever o nome do grupo social, crianças até aos 12 anos.

Todos estes individuos são isentos, mas nós que pagamos as taxas moderadoras, é que somos o problema da saude Portuguesa e então, numa questão de desigualdade com o sector privado, passamos a  descontar mais que os restantes trabalhadores Portugueses, já para não falar da do congelamento, por mais um ano da subida de escalões.

Com um governo amigo assim , para que precisam os funcionarios publicos de inimigos.

publicado por . às 18:50

Não estás contente vem emigrar para outro país logo vês o que é sofrer com problemas desses e muitos outros mais que nem te passa pela memória.

Tens um bom tacho, então guarda-o bem porque deve de haver por ai uns tantos ó quantos jovens à procura desse do teu lugar.

Um Abraço
Suíça
Xica a 30 de Setembro de 2006 às 10:01

Se emigrou foi porque assim o entendeu, mas condenar os trabalhadores portugueses é que está mal voçê estava mal e mudou-se e fez bem quanto a mim optei pelo estado e por um contrato que quando o negociei foi para a vida e nele constava os 55 anos de idade de reforma agora foi alterado para 65, perdi regalias da ADSE, não somos aumentados ou quando somos é com aumentos inferiores ao sector privado e temos um salário minimo de regime geral inferior ao sector privado agora este governo vai por por questões de igualdade os funcionarios publicos a descontar 11,5 % para a segurança social já agora podia fazer o mesmo para o privado e aumentar os descontos aos patr~oes de 23 para 25 % ao nivel da segurança social.
Portanto posso dizer que os funcionários do privado são empregados da patroa e os publicos do patrão.
Quanto aos tachos posso dizer que há muitos basta olhar para o governo que não se farta de nomear tótós para cargos publicos com ordenados chorudos e sem experiencia nenhuma e pode ter a certeza que não é só o PS mas o PSD tambem tem feito o mesmo
KUIKO a 30 de Setembro de 2006 às 18:38

este blog ta muito bem elaborados e com temas mito interessantes, já coloquei o teu link no meu blog cano online

mota
@Mota@ a 30 de Setembro de 2006 às 11:52

Se a ADSE está assim tão mal não percebo porque não cobra as dividas das Câmaras. No inicio deste ano a Câmara do Barreiro devia 1.000.000 de Euros, a de Évora 1.571.828 e a de Vila do Conde 2.300.000. E a lista é podia ser acrescida com mais 300 nomes...
Adolfo Dias a 30 de Setembro de 2006 às 12:41

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.