Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

26
Ago 06

A publicidade já era uma realidade nos anos vinte passo aqui em revista alguns dos anúncios da altura de recordar que aqui Estremoz ainda era vila. 

 

De notar a qualidade deste pavilhão da casa das cangas, uma obra que era capaz de hoje em dia, ter o prémio de melhor expositor.

 

 

 

 

publicado por . às 00:01

blogs

os blogs anónimos, são tão legítimos como os outros, as postagens são efectuadas da mesma forma, os alvos os mesmos, a política corriqueira nem se fala, ao contrário dos de autor, são mais honestos, verdadeiros, despojados de cinismo e com grande vontade de relatar o que de mal ou bem se vai fazendo. em suma voltámos, com nova cara, pensamos com nova conversa, curiosidades e outras afinidades do nosso concelho - qual? o de estremoz.
agora pode-se comentar ou outras coisas do género, não existem verificações ou censuras, ao contrário de outros "amigos", que o fazem, e de que maneira. com abertura e espírito de equipa, cá estamos a remar contra a corrente, qual? sempre a mesma a da contra-informação.
assim começamos com a água, essa, pois essa, precisamente aquela em que está a pensar, na do concelho, depois de tantos comentários, políticos e de outra natureza, alguns bafejando amor, outros implorando pelo ódio, chegámos à conclusão que ficámos mais ou menos na mesma, ou não?!
a água ficou pública, ou mais ou menos pública, já assim o era, as redes ficaram exactamente na mesma, ou seja degradadas, no entanto com expectativas formadas na sua reformulação, tal como a do saneamento básico. os preseidentes de junta da glória e dos arcos, vão ficar com redes de saneamento básico e de águas novas, ou pelo menos as primeiras, no caso da primeira, outra coisa não faria sentido.
assim como ficámos? quanto à cdu reclama que a água foi privatizada, o ps que continua pública, uma coisa é certa, cá para nós, a água ficou na mesma, má, de péssima qualidade e com tendência para os nitratos, que a privatizem, façam-lhe o que quiserem, no entanto tornem-na potável, água privatizada bebemos nós todos os dias, normalmente do fastio ou do luso, comprada no supermercado mais próximo, nunca vi manifestações do pcp frente aos supermercados, a alegarem que a água é privada!
bem; passaram dois meses desde que postei no último anarquiste, penso que para primeiro já vai chegando.
@anarquiste a 26 de Agosto de 2006 às 00:53

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.