Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

06
Jul 06
Hoje cumpre-se um dia de greve na Administração Pública, no que diz respeito ao Município de Estremoz, foram vários os serviços fechados a 100% nos sectores operativos, havendo muitos serviços a funcionar parcialmente no que diz respeito ao sector administrativo, esta greve no Município de Estremoz rondou os 60% de adesão no geral. Esta greve tem como objectivo demonstrar ao governo de José Sócrates , que os trabalhadores da Administração Publica ( Central, Regional e Local ), estão descontentes com a retirada de direitos adquiridos, com as novas leis de trabalho que estão a ser implantadas em regime de autoritarismo, pois o governo impõe as regras e não aceita contra propostas dos organismos sindicais, chegando a recusar a entrada nas negociações, dos organismos representantes dos trabalhadores desde que não prescindam de direitos consagrados na lei. A politica de aperta o cinto para reduzir o deficit , irá fazer-se sentir no próximo ano, quando for aplicado o diploma da mobilidade, diploma este que irá criar excedentes e logo a colocação desses mesmos funcionários em formação e que não podem recusar, imaginemos um funcionário com a vida instalada em Faro, ser colocado em formação em Bragança, das duas três , ou aceita e marcha de malas aviadas mais a família rumo a Bragança ou não aceita e automaticamente só tem uma via, o sair da Administração Pública. Pretende assim o governo reduzir, cerca de 30% dos funcionários no activo no próximo ano, nem que seja com este tipo de atitudes  menos dignas, de jogadas politicas pouco transparentes. 
publicado por . às 11:31

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.