Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

31
Mar 06

Eis que chega o mês de Abril, diz o ditado popular "Abril águas mil ", era bom que fosse verdade, antevendo-se um ano de seca torna-se necessário, que nos consciencializemos que este bem essencial à vida, é escasso. Estremoz não foge a esta regra, que se passa por esse Alentejo fora, os nossos caudais freáticos estão esgotados, Estremoz até aos dias de hoje tem sido abastecido pelo lençóis de água das chocas, mas como tudo estes estão esgotados, é que passaram +/- 30 anos desde o inicio da sua exploração e como se dizia na altura, Estremoz não irá ter mais falta de água,  descobriram uma ponta de mar! O facto é que o mar foi embora e Ana Loura, que quer dizer farta de agua, já não faz jus a seu nome. É bom que se pense em alternativas e essas não são muitas, temos a barragem de Veiros e volto a insistir, temos a barragem Frei Joaquim na ribeira de Têra, tendo esta ultima vantagens para o abastecimento de agua, pois abasteceria a maior parte da população por gravidade, enquanto, Veiros é uma solução mais cara  teria de ter bombagem e logo, diversos custos inerentes. Quanto à captação por furos é possível ainda encontrar algumas linhas de água, no entanto continuo a afirmar, caso seja resolvido o problema  este ano deve arranjar-se uma solução para garantir o abastecimento e nos próximos quatro ou cinco anos, deveríamos ter a construção de uma destas barragens concluídas, fazendo sentir ao Governo da Nação tal como o sentiu António Guterres enquanto Primeiro  Ministro publicou o Decreto Regulamentar nº 3/2002 de 4 de Fevereiro que declarava "A existência de um número significativo de albufeiras de águas públicas, destinadas a fins públicos, como a produção de água para rega, a produção hidroeléctrica e o abastecimento às populações, permite que existam utilizações e condições para usos secundários recreativos e turísticos que importa ordenar, em particular no plano de água e nas áreas envolventes" onde se incluía a barragem frei Joaquim. Sendo inserida na lista das albufeiras construídas ou em construção, não vejo porque não está construída, portanto se está regulamentada senhores autarcas, que esperam para pressionar o Governo e a barragem frei Joaquim finalmente avançar e resolver este problema  a curto prazo, da população do Concelho de Estremoz.

publicado por . às 19:37

Está de entrada um novo mês, hoje é dia 1 de Abril, e amanhã, garanto que não é mentira para os defensores da liberdade, faz 30 anos que foi aprovada a Constituição da República. CONHECÊ-LA É DEFENDÊ-LA!
Extracto: «A Assembleia Constituinte afirma a decisão do povo português de defender a independência nacional, de garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, de estabelecer os princípios basilares da democracia, de assegurar o primado do Estado de Direito democrático e de abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno.
A Assembleia Constituinte, reunida na sessão plenária de 2 de Abril de 1976, aprova e decreta a seguinte Constituição da República Portuguesa:» Em: http://www.parlamento.pt/const_leg/index.html.
AJPM a 1 de Abril de 2006 às 11:20

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.