Um espaço aberto à opinião desde que respeite a opinião dos outros.

13
Fev 06

grafitesp_6.jpg


In: Imagem latina - grafit de São Paulo


Arte nascida no século XX, para expressar os protestos estudantis dos anos 60, sendo de origem politica atingiu o seu auge em 1968 em França, levando para as paredes os protestos que decorriam nas ruas. Posteriormente, alguns artistas plásticos aproveitando esta nova técnica, criaram magnificas obras de arte embelezando muros e edifícios com um único objectivo, torna-las as suas grandes telas expostas ao mundo e sem valor comercial. Os três magníficos e assim se podem considerar na arte do grafit, encontram-se em Nova York, São Paulo e Berlim como se pode observar pelo grafit de São Paulo, acima referenciado em imagem. Observando, o que os nossos candidatos a artistas plásticos fazem pela nossa cidade, será melhor que aprendam primeiro as técnicas e depois executem, como fazem os grandes mestres do grafit, apenas em muros que não têm qualquer cuidado de pintura e se encontram votados ao abandono. Na imagem que se segue, a utilidade deste grafit, além de sujar uma parede pintada à seis meses, o local onde foi efectuada esta obra de arte, só pode ser apreciada por algumas ovelhas que se encontram em actividade pastoril, logo não podendo ser apreciada como arte urbana e apenas como outra coisa...


grafits 1.JPG


A próxima imagem, essa então deixa envergonhados todos aqueles que consideram o grafit uma arte de expressão urbana, pois danificar o património de todos nós, que inclusive é motivo de referência ao nível postal, como um cartão de visita da nossa cidade. Como não podia deixar de ser, estou a referir-me à FONTE DAS BICAS, é património da cidade de Estremoz, gerações passaram por ela para beberem água das suas oito bicas, esteve vedada com gradeamentos retirados há algumas décadas e referenciando parte da sua historia, nos princípios do século XX, era local para os carreiros encherem as suas barricas de água, para o abastecimento local porta a porta, a água canalizada só apareceu mais tarde, sendo assim tem o ser valor histórico para a população de Estremoz, a quem serviu e continua a servir, no entanto continua e continuará a ser a nossa FONTE DAS BICAS e não o "Gang das Latas" pelo que, se o autor dessa proeza ler este texto apenas tem uma coisa a fazer, verificar lá no fundo da sua consciência se agiu bem, poderemos afirmar quase de certeza que daqui a dez gerações, ainda estará no mesmo sitio a FONTE DAS BICAS, saciando a sede de quem passa, enquanto o autor do escrito apenas será pó...


 grafits 2.JPG


 clique aqui para ver os mais belos grafits

publicado por . às 19:47

sobre o acto em si, só me lembro de "pulhice indiscrítivel". mas há coisa estranhas... numa terra pequena como a nossa ninguém sabe nada sobre os autores? ninguém deu por nada? num sítio central? e a polícia, que faz quartos de sentinela, a noite inteira, junto à igreja? NINGUÉM SABE NADA? NÃO ME GOZEM...vidosim
</a>
(mailto:vidosim@sapo.pt)
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 12:19

Faço minhas as palavras do AJRamos.Rramos
</a>
(mailto:daf@cm-estremoz.pt)
Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 12:02

ENERGÚMENOSAJRamos
</a>
(mailto:antoniojbramos@sapo.pt)
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2006 às 23:57